Onde você está: Skip Navigation LinksPortal Agência CAIXA de Notícias > Default
Portal Agência CAIXA de Notícias
17/02/2017 17h05 - Atualizado em 17/02/2017 17h09
TAMANHO DA LETRA
IMPRIMIR

Alzira e Tetê Espíndola, e uma homenagem a Aracy de Almeida são os destaques do fim de semana da CAIXA Cultural

As irmãs fazem três apresentações seguidas, no domingo, em Fortaleza, e a famosa jurada de auditório é homenageada em Curitiba

Brasil, Cultura

CAIXA-Cultural-agenda-17-a-19-de-fevereiro-interna.jpgAs irmãs Tetê Espíndola e Alzira E cantam, pela primeira vez em Fortaleza, canções do álbum Anahí. As artistas passeiam por seus repertórios e visitam o cancioneiro genuinamente de raiz. Apesar dos timbres e trajetórias singulares, elas transbordam intimidade em belos duetos, além de números solo, interpretando músicas de seus mais recentes trabalhos. Em curta temporada, elas fazem três sessões do espetáculo no domingo (19), às 15h, 17h e 19h. Ingressos a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

Ainda na CAIXA Cultural Fortaleza o público pode conferir a exposição Arquivo Nirez. Artigos como fotografias de Fortaleza antiga, discos de cera e de vinil, livros, revistas, equipamentos de imagem e som serão expostos pela primeira vez fora da residência do colecionador. Entrada franca. Terça-feira a sábado, das 10h às 20h e domingo, das 12h às 19h.

Curitiba
A Caixa Cultural Curitiba recebe, até domingo, o espetáculo Aracy de Almeida – A Rainha dos Parangolés. O show traça um surpreendente perfil da artista carioca, que se consagrou no mundo do samba, e ainda ficou famosa como jurada de programa de auitório. O título do espetáculo faz referência aos parangolés, uma espécie de capa, criada pelo artista plástico carioca Hélio Oiticica (1937-1980).

O cantor Marcos Sacramento e o violonista Luiz Flávio Alcofra interpretam algumas das canções que se popularizaram na voz de Aracy, como as marchas carnavalescas O passarinho do relógio e A mulher do leiteiro, ambas de Haroldo Lobo e Milton de Oliveira, os sambas Fez bobagem de Assis Valente e Camisa amarela de Ary Barroso, além de canções de autoria de Noel Rosa. Os shows acontecem na sexta e no sábado, às 20h e domingo, às 19h.

 

Brasília
A exposição Metamorfoses – O Papel no Acervo da CAIXA fica em cartaz até o dia 19 de março na CAIXA Cultural Brasília. A mostra reúne mais de 50 obras do Acervo Artístico do banco, composta por desenhos e gravuras de importantes artistas brasileiros. Entrada Franca. Terça a domingo, das 9h às 21h.

Também em cartaz a exposição Nós, com obras de 10 artistas brasileiros contemporâneos. A mostra discute as relações de afeto na atualidade, por meio de desenhos, objetos, performances, instalações, vídeos, esculturas e pinturas, e fica até 26 de fevereiro, com entrada franca.

Também até 26 de fevereiro, o público pode conferir a mostra Ozi - 30 Anos de Arte Urbana no Brasil. Com obras do artista paulistano e pioneiro do grafite, Ozéas Duarte, a mostra incluiu peças inéditas, como as máscaras de estêncil criadas pelo artista ao longo de 30 anos. Entrada franca.

 

Rio de janeiro
Este sábado (18) é o último dia para conferir a exposição Alair Gomes: Percursos, na CAIXA Cultural Rio de Janeiro. A mostra traz ao público carioca uma seleção de 293 imagens das séries Sonatinas, Four Feet, Symphony of Erotic Icons, The Course of the Sun, Beach Triptych e A New Sentimental Journey. A entrada franca.

Sábado também é o último dia para conferir a mostra Direção de arte no cinema brasileiro. O objetivo da mostra é oferecer um olhar inaugural sobre a função na atividade cinematográfica brasileira, contribuindo para um maior entendimento sobre seu papel. Ingressos a R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

E até domingo (19) o público carioca ainda vai poder conferir a exposição Brinquedos à Mão. O acervo com mais 1.300 objetos utilizados pela infância de antigamente, e ainda muito presentes nas comunidades interioranas do Nordeste brasileiro, foram reunidos pela pesquisadora de cultura popular baiana e curadora Sálua Chequer. Entrada franca. Das 10h às 21h.

 

São Paulo
A CAIXA Cultural São Paulo recebe até dia 28, a exposição Anico Herskovits - Percurso Gráfico. A mostra traz o percurso criativo de quatro décadas de produção gráfica da artista gaúcha Anico Herskovits com xilogravuras e alguns exemplos pontuais de desenhos preparatórios. Entrada franca. Terça a domingo, das 9h às 19h.

O público paulista pode conferir também a exposição Antonio Maia - Ex-voto, Alma e Raiz. A exposição, inédita em São Paulo, reúne trabalhos de Antonio Maia, artista que foi capa do primeiro Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e é considerado um dos criadores da Brasilidade Moderna. Entrada Franca. Terça a domingo, das 9h às 19h.

Até domingo (19), a Cia. Mungunzá realiza apresentações das suas duas mais recentes montagens: Poema suspenso para uma cidade em queda, baseada em histórias e experiências pessoais dos atores, e a montagem infantil Era uma era, primeiro espetáculo do grupo voltado para o público infanto-juvenil. Entrada franca. Às 15h (infantil) e 19h15 (adulto).

 

Recife / Salvador
Não haverá programação nas unidades da CAIXA Cultural em Salvador e Recife.

  • Compartilhe »
Buscar Notícia
  • Selecionar uma data no calendário.
    Selecionar uma data no calendário.
Agência CAIXA nas Redes