Onde você está: Skip Navigation LinksPortal Agência CAIXA de Notícias > Default
Portal Agência CAIXA de Notícias
20/03/2017 13h30 - Atualizado em 20/03/2017 13h30
TAMANHO DA LETRA
IMPRIMIR

​Jogo das Estrelas 2017 é do NBB Mundo

Estrangeiros venceram o desafio contra a equipe NBB Brasil no evento que lotou o Ginásio do Ibirapuera neste domingo (19)

São Paulo, Esporte

2017-03-20_jogo-das-estrelas-interna-01.jpgO público paulista lotou o Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, na manhã deste domingo (19). Mais de 10 mil pessoas foram conferir o desafio Jogo das Estrelas. Nesta edição, quem levou a vitória foi a equipe NBB Mundo, que derrotou o NBB Brasil por um placar final de 108 a 96. Os estrangeiros repetem o resultado de 2016 e 2011 e reduzem a desvantagem no torneio, marcando 4 NBB Brasil x 3 NBB Mundo.

Com parciais de 31x24, 58x51, 88x78 e 96x108, o confronto foi marcado pela liderança dos estrangeiros nos quatro quartos da partida. A equipe do Brasil encostou no placar no terceiro quarto, igualando em 70 a 70, mas os estrangeiros dispararam novamente, e fecharam o quarto com diferença de 10 pontos. No quarto decisivo, a equipe do técnico Bruno Savignani chegou a virar o jogo, emplacando 92 pontos a 91, mas o NBB Mundo retomou a vantagem e fechou o duelo com a diferença de 12 pontos.

Confira grandes lances da partida:

Pelo lado do NBB Brasil, o maior pontuador foi o ala do UniCEUB/BRBCARD/Brasília, Guilherme Giovannoni, com 15 pontos e sete rebotes. Jogando pelo NBB Mundo, além do título de campeão, o norte-americano Shamell repetiu o feito de 2009 e 2016, e levou para casa o troféu de melhor jogador da partida. O ala do Mogi das Cruzes/Helbor faturou pela terceira vez o prêmio de MVP do jogo (Most Valuable Player), com 18 pontos, seis rebotes e 15 de eficiência.

“O MVP foi uma coisa extra. O mais importante é que a gente conseguiu dar um show para a torcida hoje. A gente sempre entra forte, mas não quer machucar ninguém”, conta o jogador de 36 anos, há nove atuando no Brasil. “Nos últimos três minutos teve uma pegada diferente, porque todo mundo quer um jogo competitivo, e no finalzinho a gente conseguiu fazer isso. Foi bonito, foi uma festa”.

2017-03-20_jogo-das-estrelas-interna-02.jpgTorneios Individuais
No Desafio de Habilidades, quem levou a melhor foi o ala do Mogi das Cruzes, Tyrone, que superou Palacios, do Vasco, na decisão. Ainda um terceiro troféu foi para um jogador norte-americano. Bennett, do Esporte Clube Pinheiros, venceu na final o ala do Gocil/Bauru Basket, Gui Deodato, e faturou o título do Torneio de Enterradas.

Jefferson William, ala do Bauru, marcou 19 pontos no Torneio de três pontos e conquistou a vitória na disputa. “Foi uma vitória diferente. Estou feliz em jogar esse torneio. Hoje eu vim preparado, falei para o meu filho de cinco meses que eu levaria o troféu para ele ver que o pai foi o vencedor”, comemorou o jogador, que no ano passado ficou com a vice-liderança do desafio.

2017-03-20_jogo-das-estrelas-interna-03.jpgFissurados por Basquete
A família Quintas, de Mogi das Cruzes (SP), marcou presença na nona edição do evento. A ideia de reunir todos para assistir ao Jogo das Estrelas foi do filho primogênito da professora aposentada Odete Quintas, 72 anos, o engenheiro Winston Quintas, 38. “A gente já frequenta os jogos do Mogi. Eu, minha mãe, irmã e meu filho somos fissurados no basquete”, diz o mogiano.

A irmã mais nova, a enfermeira Lisa Quintas, não conteve a empolgação. “Vai ser um domingo muito especial. Vamos ver vários ídolos do basquete. Temos representantes da nossa cidade, o Shamell o Tyrone, então estamos bem empolgados”.

2017-03-20_jogo-das-estrelas-interna-04.jpgHomenagens e show #JogaJunto
Grandes nomes do basquete brasileiro, como Wlamir Marques, Oscar, Marcel, Cadum, Pipoka, Mortari, Maury, Israel, Abdalla e Marcelo Vido foram homenageados pela carreira e receberam placas como lembrança.

O entretenimento é a principal essência do Jogo das Estrelas do NBB CAIXA. No intervalo do confronto, quem embalou a torcida foi a banda mineira Jota Quest, em ação inédita do evento. O público ainda marcou presença no Espaço #JogaJunto, área localizada no complexo do ginásio, que reuniu atividades promovidas pelos patrocinadores do evento – CAIXA, no patrocínio master, co-patrocinadores SKY, Nike e Avianca, e apoio do Ministério do Esporte.

2017-03-20_jogo-das-estrelas-interna-05.jpg

  • Compartilhe »
Buscar Notícia
  • Selecionar uma data no calendário.
    Selecionar uma data no calendário.
Agência CAIXA nas Redes
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    Mundiais Paralímpicos de Natação e Halterofilismo 2017 Cidade do México ganharam nova data. Confira: https://t.co/rQug0m3GAt
    7 minutos atrás
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, a #CAIXACultural Brasília promove espetáculo que enaltece o samba e a c… https://t.co/iKnXt6iex1
    13 minutos atrás
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    Nadadora paralímpica tricampeã mundial @edeniagarcia passa a competir na classe S3. Conheça a história: https://t.co/bEibQs9IWP
    66 minutos atrás