Onde você está: Skip Navigation LinksPortal Agência CAIXA de Notícias > Default
Portal Agência CAIXA de Notícias
06/12/2017 17h00 - Atualizado em 07/12/2017 17h39
TAMANHO DA LETRA
IMPRIMIR

​Projetos de sustentabilidade são reconhecidos pelo 10 º Prêmio Caixa Melhores Práticas

Prêmio tem o objetivo de divulgar projetos sociais bem sucedidos e estimular a reaplicação em mais comunidades

Brasil, Economia

2017-12-07_melhores-praticas-interna-01a.jpgReconhecer, premiar e divulgar projetos sustentáveis que receberam apoio financeiro ou técnico da CAIXA e que contribuíram para a qualidade de vida e o desenvolvimento de comunidades brasileiras. Estes são os principais objetivos do Prêmio Caixa Melhores Práticas em Gestão Local. A premiação aconteceu nesta terça-feira (5), no Edifício Matriz da CAIXA, em Brasília (DF).

Realizado a cada dois anos, nessa décima edição do prêmio foram recebidas inscrições de 250 projetos. Destes, dez foram selecionados para premiação pelo júri externo, formado por especialistas de parceiros da CAIXA e atuantes nos temas-foco do Programa Caixa Melhores Práticas. Confira abaixo a lista de premiados.

Para o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, é um privilégio para o banco poder reconhecer essas práticas. “Não existe um projeto que não trouxe dignidade para as pessoas envolvidas. Todas essas práticas vieram de comunidades, de pessoas, que querem desenvolver projetos que possam melhorar a vida das famílias e dos brasileiros”, destacou.

2017-melhores-praticas-caixa.jpgO Programa CAIXA Melhores Práticas em Gestão Local objetiva reconhecer projetos de excelência realizados com apoio financeiro e/ou técnico da CAIXA, dando visibilidade a projetos sociais bem-sucedidos e colaborar para a implementação da Agenda Habitat no Brasil, documento das Nações Unidas que reúne diretrizes para criar padrões de vida sustentáveis em assentamentos.

Além dos troféus e certificados, as 10 Melhores Práticas serão inscritas em prêmios nacionais e internacionais, e devem ser divulgadas em publicações, filmes e exposições fotográficas. No site www.caixa.gov.br/melhorespraticas, em “Acervo de Práticas”, podem ser consultadas informações dos projetos finalistas das edições anteriores, sempre aplicados dentre os temas: habitação, gestão ambiental e saneamento, gestão municipal, desenvolvimento local e inclusão social e trabalho social.

Projeto desenvolvido em quilombo de Minas Gerais está entre os premiados
Foi o que aconteceu no pequeno município de Belo Vale, a 86 km da capital Belo Horizonte, onde foram construídas 83 casas rurais com aquecedor solar e fossa séptica, integrando o PNHR - Programa Nacional de Habitação Rural. Boa parte desta comunidade é remanescente de quilombos e, antes, vivia em condições degradantes e em situação de risco.  

Para Maria Aparecida Maia, representante do Instituto Aqua XXI, responsável pelo acompanhamento do projeto Moradia Rural Solidária e Sustentável em Belo Vale, a iniciativa é o início da reparação de dívidas que a nação brasileira tem para com esse povo. “Nosso objetivo é mostrar para o mundo que com austeridade, coragem, transparência e trabalho voluntário é possível construir moradias dignas”, destacou, sobre os motivos de inscrever o projeto no prêmio.

2017-12-07_melhores-praticas-interna-02a.jpgAlém da construção de casas, o projeto também realizou o plantio de mudas nativas nas nascentes de riachos e afluentes do Rio Paraopebas, que banha a região, cultivo de hortas familiares para fortalecimento da agricultura familiar, além de promover a valorização cultural e a organização local. “Já inscrevemos oito novos projetos no Ministério das Cidades para poder construir pelo menos mais 350 casas na região”, ressaltou a representante da ONG.  

Para o vice-presidente de Habitação da CAIXA, Nelson Antonio de Souza, o projeto Moradia Rural Solidária e Sustentável vai muito além da construção de casas, porque promove a inclusão e a transformação de um município. “A Caixa consegue ter tanto um programa como o Minha Casa Minha Vida, com 4,95 milhões de unidades contratadas, beneficiando cerca de 20 milhões de pessoas, como também tem um prêmio que identifica, premia e divulga no Brasil e no mundo pequenas ações como esta de Belo Vale”, enalteceu.

“Por traz de cada projeto, não só desses que chegaram na final, existe uma coisa importante que é o trabalho em equipe, a mobilização da comunidade na busca de que aquilo dê certo e sirva de exemplo para o resto do mundo”, completou Nelson de Souza.

  • Compartilhe »
Buscar Notícia
  • Selecionar uma data no calendário.
    Selecionar uma data no calendário.
Agência CAIXA nas Redes
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    📸 O ano de 2018 entrou para a história da @EscolaBolshoi no Brasil. Ao todo, 5.873 candidatos se inscreveram para a… https://t.co/aNngedTXxr
    9 horas atrás
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    💲@CAIXA complementa o portfólio de serviços para empresas que atuam no comércio exterior. O gerente nacional de Ges… https://t.co/rPK02cwGNu
    21 horas atrás
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    📸 Neste fim de semana, em Joinville (SC), mais de 800 candidatos de todo o Brasil e também da Argentina passam por… https://t.co/6sYgbMEFJG
    36 horas atrás