Onde você está: Skip Navigation LinksPortal Agência CAIXA de Notícias > Noticia
Portal Agência CAIXA de Notícias

19/11/2018 18h11

TAMANHO DA LETRA
IMPRIMIR

CONCERTO NEGRO RECEBE MARTINHO DA VILA E EXALTA RIQUEZA CULTURAL AFRICANA NA CAIXA CULTURAL BRASÍLIA

Orquestra Zumbi dos Palmares, Coral da Família Alcântara e o Desfile Beleza Negra também fazem parte da programação na Semana da Consciência Negra

Brasília, Cultura

​Brasília recebe a primeira edição do Concerto Negro, iniciativa criada há 30 anos pelo consagrado cantor Martinho da Vila e o Maestro Leonardo Bruno. A ideia do projeto é unir música popular e erudita com referências da cultura afro-brasileira. Na capital, o projeto aterrissa no Teatro da Caixa Cultural Brasília, em duas noites, nos dias 24 e 25 de novembro. A série de apresentações do Concerto Negro está inserida na Semana da Consciência Negra, com entrada gratuita. 

O Concerto Negro é uma noite musical que une três expoentes da cultura brasileira em duas apresentações conjuntas: Martinho da Vila, um expoente do movimento negro brasileiro, que apresenta a noite, interpreta canções e comenta a atuação do negro na música erudita brasileira, a Orquestra Zumbi dos Palmares com a regência do Maestro Leonardo Bruno, e o Coral da Família Alcântara de Minas Gerais, composto por 20 integrantes entre filhos, netos e bisnetos da matriarca Vó Mena, descendentes de escravos, engajados na preservação da cultura quilombola. O Concerto tem a direção musical do Maestro Fabiano Medeiros, realização da produtora do Beco da Coruja e conta com o patrocínio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura e da Caixa.

O projeto traz contribuição sociocultural, na sua difusão das obras vinculadas a nossa herança afro-brasileira e o conhecimento das obras para o grande público. O concerto Negro cumpre um papel de relevância na difusão essas obras.

Integrando a programação do projeto, o Desfile Beleza Negra realiza no dia 24 de novembro, o maior evento de beleza e moda afro da capital. O desfile tem o objetivo de fortalecer a imagem do negro no mercado da moda e publicidade no Brasil. Promove a conscientização sobre os padrões
sociais de beleza, moda e comportamento através da mobilização da igualdade racial nas passarelas e chama a atenção da indústria da moda e beleza para conquistar a representatividade do negro nesses setores. A produção do Desfile é uma parceria da Black Fashion Model.

Sobre o Concerto Negro

A ideia do Concerto Negro nasceu em 1988, ano em que o cantor e compositor Martinho da Vila, junto com o maestro Leonardo Bruno, atuaram num projeto de integração clássico-popular. A partir daí, resolveram dar continuidade ao concerto que mostra a participação do negro na música erudita, já tendo sido apresentado no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, na Sala Cecília Meireles no Rio de Janeiro, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Diamantina – MG. Em setembro de 2000 o Concerto Negro foi apresentado no Teatro Municipal do Rio de Janeiro numa celebração da Cidadania.

Agora é a vez de Brasília receber pela primeira vez o Concerto Negro, inspirado no cancioneiro afro-brasileiro com um repertório que recebe tratamento orquestral. A escolha do repertório levará em conta temas ligados à cultura negra e os compositores que trabalharam com esta causa no âmbito nacional e internacional. A série de apresentações do Concerto será dentro da semana da Consciência Negra no Teatro da Caixa, a entrada gratuita

O projeto também promove uma série de ações sociais e de acessibilidade paralelas às apresentações musicais. A programação inclui a realização de um show em um asilo do Distrito Federal, além de levar uma associação de pessoas com deficiência visual acompanhadas com audiodescritores e disponibilizar intérpretes de libras para o público das comunidades dos surdos.

O Concerto Negro planeja realizar ações ambientais através do plantio de 20 mudas de árvores pelo Distrito Federal para compensar os danos causados ao meio ambiente, e a criação de horta orgânica numa escola pública do DF.

Incentivo à cultura

A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Brasília, inaugurada em 1980, foi o primeiro espaço cultural instituído pela CAIXA. Localizada na região central de Brasília, perto da estação Galeria do metrô e da rodoviária do Plano Piloto, possui cinco galerias, teatro, sala multimídia e Jardim das Esculturas. Em 2018, estão previstos a realização de 60 projetos e o retorno do Programa Educativo CAIXA Gente Arteira. 

Serviço:

Concerto Negro

Local: Teatro da Caixa Cultural de Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)

Datas: 24 de novembro: Desfile Beleza Negra às 18h30 e Concerto Negro às 20h. 25 de novembro: Concerto Negro às 19h

Classificação indicativa: Livre para todos os públicos

Acesso para pessoas com deficiência

Entrada franca com retirada de ingressos a partir do dia 17 de novembro

Bilheteria: de terça a sexta e domingo, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h. Contato: (61) 3206-6456

Duração: 120 minutos

Classificação: Livre

Capacidade: 406 lugares (8 para cadeirantes)

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais

Patrocínio: CAIXA e Governo Federal

  • Compartilhe »
Buscar Release
  • Selecionar uma data no calendário.
    Selecionar uma data no calendário.
Agência CAIXA nas Redes