Onde você está: Skip Navigation LinksPortal Agência CAIXA de Notícias > Noticia
Portal Agência CAIXA de Notícias

15/06/2015 14h06 - Atualizado em 15/06/2015 16h06

TAMANHO DA LETRA
IMPRIMIR

PIA FRAUS APRESENTA TEATRO DE BONECOS NA CAIXA CULTURAL SÃO PAULO

Com dois espetáculos infantis e um adulto, a mostra é diversão gratuita durante as férias escolares

São Paulo, Cultura

A companhia Pia Fraus é um dos grupos de teatro de bonecos mais consolidados da cena teatral. Possui 30 anos de estrada e mais de 20 espetáculos montados, em uma bem sucedida mistura entre teatro de bonecos, dança, artes plásticas, circo e música. Entre os dias 26 de junho e 5 de julho, a companhia se apresenta na CAIXA Cultural São Paulo com a Mostra Pia Fraus 30, que traz as montagens "Círculo das Baleias", "Transgressões" e a remontagem de "O Vaqueiro e o Bicho Froxo", encenado a primeira vez em 1984.

Os espetáculos atendem tanto o público infantil, caso de "Círculo das Baleias" e "O Vaqueiro e o Bicho Froxo", como os adultos, com "Transgressões". Nos dias 26, 27 e 28 de junho, às 16h, será apresentado o infantil "O Vaqueiro e o Bicho Froxo". Nos dias 3, 4 e 5 julho, é a vez de "Círculo das Baleias", também às 16h. O espetáculo adulto "Transgressões" será apresentado, nos sábados, dia 27 de junho e 4 de julho, sempre às 19h15. Todas as entradas são gratuitas e os ingressos começam a ser distribuídos uma hora antes de cada espetáculo.

O projeto traz ainda uma palestra do diretor e criador da companhia, Beto Andreetta, no dia 26 de junho (sexta-feira), às 18h. Na palestra, o diretor mostra a história da companhia por meio de vídeos, fotos e histórias dos 30 anos de estrada dedicados ao teatro.

 

Círculo das Baleias
Vencedor do Prêmio de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem Femsa/Coca Cola, na categoria Sustentabilidade, "Círculo das Baleias" conta a história de Jujuba, uma filhote de baleia jubarte, nascida na Bahia. Durante a migração das baleias para o Pólo Sul, sua mãe é aprisionada e atacada por um pesqueiro Japonês. Jujuba fica órfã, mas conta com a ajuda e proteção de Gardel, um simpático pinguim argentino. Gardel apresenta a ela Fofoca, sua amiga foca que vai alimentar Jujuba. Neste aconchego de amizade e solidariedade eles conhecem Marlene, uma gaivota, que lhes conta o segredo sobre o santuário das baleias, um lugar acolhedor, onde vivem filhotes e baleias - o então chamado Círculo das Baleias.
Jujuba e Gardel partem em direção ao Círculo das Baleias, no Polo Sul e enfrentam muitas aventuras, como o ataque de um perigoso tubarão, mas juntos, criam um plano engenhoso e se livram dessa enroscada. Gardel se recorda das recomendações de Marlene: - "Siga os Golfinhos!" e assim os dois amigos seguem a direção dos golfinhos e chegam ao Círculo das Baleias. Jujuba encontra outras baleias e Gardel se apaixona por uma pinguim-fêmea chamada Evita. A peça aproxima o público infantil da questão da sustentabilidade, mostrando como o homem pode interferir na natureza de forma negativa, alterando o habitat dos animais.

 

O Vaqueiro e o Bicho Froxo
A peça é uma remontagem do primeiro espetáculo da Pia Fraus, encenado em 1984, baseado no folclore brasileiro. O espetáculo tem no elenco quatro atores e conta a história de um vaqueiro que vê Rosinha, seu grande amor, ser raptada pelo terrível Bicho Froxo. Para tê-la de volta terá de percorrer um caminho perigoso, onde será ajudado e perseguido por personagens do universo mítico brasileiro (Papa-Figo, Janaína Mãe D'Água, Miquelina do Jequitinhonha), até finalmente reencontrar sua amada e, juntos, numa grande festa, transformarem-se em Sol e Lua.
A música original do espetáculo foi composta por Manoel Pacífico e Clecius Albuquerque, com arranjos e produção musical de Jether Garotti Jr, e vozes da cantora Ná Ozetti e Jether Garotti Jr. O figurino é assinado pela estilista Sayonara Lopes e pelo criador da Pia Fraus Beto Lima.

 

Transgressões
"Transgredir algo é ir além, ultrapassar um limite estabelecido e, portanto, é também criar um novo paradigma", conta Beto Andreetta, diretor da companhia. As "transgressões" do espetáculo não são somente da trama - dois casais que têm curiosidades para além dos relacionamentos - mas também na forma. A peça, assim como a maioria dos trabalhos da Pia Fraus, expressa sua dramaturgia na plasticidade e na relação dos atores e bonecos. Trata-se de uma mistura de teatro, dança e manipulação.
A peça, sobre a sexualidade humana, seus desejos e fantasias, nasceu de um processo coletivo de criação proposta por Andreetta. Conduzida por Wanderley Piras, diretor de diversos espetáculos da companhia, a temática foi construída com os atores, que sugeriram cenas e compuseram os personagens juntos. 
Com quatro intérpretes, uma movimentação intensa, pouco uso do texto e acompanhados dos diversos bonecos vindos destes diferentes momentos da trajetória do grupo, Transgressões pretende proporcionar um mergulho sensorial intenso. Para isso foi convidada Lara Pinheiro, coreógrafa e artista da dança, para dirigir o espetáculo, buscando trazer para o projeto outro olhar para o fazer cênico, ligado principalmente às potências do corpo na cena. O espetáculo marca uma ruptura sem a negativa do passado, um desejo de ir além do que já foi feito, em direção aos próximos 30 anos que se iniciam agora.

 

Sobre a Pia Fraus
A companhia de teatro de bonecos completou 30 anos em 2014. Beto Andreetta, seu fundador, realizou 27 espetáculos, entre eles "Bichos do Brasil", "Gigantes de Ar" e "Filhotes da Amazônia". O nome, explica Andreetta, vem do latim e significa "uma mentira contada com boas intenções". A companhia também se alia a outros grupos em montagens como "Sinfonia Circense", com a Orquestra Experimental de Repertório e o Acrobático Fratelli, que contou com a regência do maestro Jamil Maluf, exibido no Parque do Ibirapuera. Em parceria com o Balé da Cidade de São Paulo, criou o espetáculo "Terra Papagalis", em que mistura teatro de bonecos, dança e circo. Com o grupo Parlapatões, criou o Circo Roda (2006) e os espetáculos "Caravana - Memórias de um Picadeiro" (2012), DNA (2010), "Oceano" em 2008 e "Stapafúrdyo" (2006). Beto é, também, fundador da Cia Buzum!, um teatro de bonecos itinerante que se desloca por todo o Brasil para levar teatro para as crianças de escolas públicas.

 

Serviço:
Mostra Pia Fraus 30
Data: 26 de junho a 5 de julho de 2015
Local: CAIXA Cultural São Paulo - Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo/SP
Entrada: franca (os ingressos poderão ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência)
Capacidade: 80 lugares
Informações: (11) 3321-4400 ou http://www.piafraus.com.br e https://www.facebook.com/CaixaCulturalSaoPaulo/events
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

 

"O Vaqueiro e o Bicho Froxo"
Data: 26, 27 e 28 de junho (sexta-feira a domingo)
Horário: 16h
Duração: 50 min
Classificação indicativa: Livre

 

"Círculo das Baleias"
Data: 3, 4 e 5 de julho de 2015 (sexta-feira a domingo)
Horário: 16h
Duração: 50 min
Classificação indicativa: Livre

 

"Transgressões"
Data: 27 de junho e 4 de julho de 2015 (sábados)
Horário: 19h15
Duração: 50 min
Classificação indicativa: 16 anos

 

Palestra com Beto Andreetta (criador e diretor da Pia Fraus)
Data: 26 de junho de 2015 (sexta-feira)
Horário: 18h
Vagas: 50

  • Compartilhe »
Buscar Release
  • Selecionar uma data no calendário.
    Selecionar uma data no calendário.
Agência CAIXA nas Redes
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    Atenção! ⚠️ A Fórmula Mágica do Natal @CAIXA promete muita aventura. Por isso, vá com roupas leves e sapatos confor… https://t.co/UzWYRlzF5X
    6 horas atrás
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    📽️ A magia do Natal já está no ar! Até 6 de janeiro, o público de Brasília pode participar da “A Fórmula Mágica do… https://t.co/mXUUAZuFF0
    7 horas atrás
  • ImprensaCAIXA ‏@ImprensaCAIXA
    Para celebrar a abertura da “A Fórmula Mágica do Natal CAIXA”, influenciadores digitais e jornalistas de Brasília f… https://t.co/2bsOM9tUxn
    8 horas atrás